quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Estar ao teu Lado


Quem me dera estar ao teu lado,
Sentir o teu calor,
Afagar os teus cabelos,
Beber de teu sabor,
Quem me dera viver esta chama
E nos lençois de nossa cama
Trocarmos frases de amor.

Quem me dera estar ao teu lado,
Apertar a tua mão,
Desfrutar de teu sorriso,
Esquecer da solidão,
Quem me dera contigo viver
E sorrindo te dizer
Que tu és minha paixão.

Quem me dera estar ao teu lado,
Ser poster na tua mente,
Sentir tua pele macia,
Te amar profundamente,
Por minhas mãos em tua cintura
E no escuro da Prefeitura
Te beijar intensamente.

Quem me dera estar ao teu lado,
Quem me dera estar contigo,
Ter tua presença,
Esquecer qualquer perigo,
Sentir teu toque feminino,
Que por ironia do destino
Você insiste em me chamar de AMIGO.

Antonio Romário de Sousa Braga.
Pentecoste/CE - 2007

(Poesia protegida pela Lei de Direitos Autorais)